Esta é uma versão antiga do site do Sinjus. Clique aqui para acessar o site novo.
 
Untitled Document
09/10/2012 - 15:00
Assédio moral e estágio probatório

*Arthur Lobato

Passar em um concurso público é, cada dia mais, o sonho de muitos brasileiros. A estabilidade e as possibilidades de ascensão profissional são fatores motivadores. Mas, ser aprovado é apenas a primeira etapa, pois a seguir vem o estágio probatório.

Os novos servidores vão enfrentar uma série de desafios - o aprendizado do trabalho, o relacionamento com colegas, chefes e público -, e vão perceber que há muito serviço a ser feito.

O respeito à hierarquia e à autoridade das chefias são elementos importantes na organização do trabalho, assim como, os deveres e direitos dos servidores. No estágio probatório é importante que os novos servidores exerçam seu trabalho com qualidade, mas cabe também às chefias gerenciar e compreender as dificuldades. Somente a prática diária faz com que a produtividade aumente e as metas sejam alcançadas.

É importante que o rigor com a qualidade do trabalho não seja motivo de conflitos e práticas autoritárias - humilhações, perseguições, agressão verbal ou violência moral no ambiente de trabalho. É preocupação do SINJUS-MG, como representante dos servidores do TJMG, impedir que aconteça o assédio moral no trabalho. Ou seja, condutas inapropriadas com o objetivo de prejudicar a pessoa, através de ataques sistematizados e repetidos, com intencionalidade de destruir psíquica e emocionalmente o servidor, que adoece e torna-se inapto ao trabalho.

Como o assédio moral é um processo realizado ao longo do tempo, é importante impedir que aconteça, e, caso esteja acontecendo, é essencial impedir sua continuação. Pessoas que se sintam prejudicadas pela prática do assédio moral devem procurar o sindicato para esclarecimentos e denúncia.

Não devemos esquecer que existe assédio vertical e horizontal. No primeiro, há o poder da chefia. Já o segundo acontece entre os próprios colegas de trabalho, mas o mal causado tem a mesma intensidade.


*Psicólogo e membro de comissões de combate ao assédio moral em sindicatos

Publicado no jornal Expressão Sinjus 168 - 17 de setembro de 2008 

 


Redes Sociais


     
EXPRESSÃO SINJUS
Clique e leia o Jornal Expressão SINJUS (Arquivo em PDF)
 
 
REIVINDICAÇÕES
Veja o que consta na Pauta de Reivindicações 2016 do SINJUS-MG
   
 
 
  ESPAÇO DO FILIADO
  Clique aqui para acessar seus dados cadastrais, despesas de saúde e andamentos de ações judiciais
   

Qual luta o SINJUS deve priorizar em 2017?
Redução da jornada de trabalho;
Auxílios para os servidores;
Plano de Carreiras;
Data-Base
 

 
   


Av. João Pinheiro, nº 39 - sobreloja - CEP - 30130-180 - Centro - Belo Horizonte - MG - Tel. 31-3213-5247.
| 1989 - 2016 | .:. SINJUS-MG TODOS OS DIREITOS RESERVADOS