Esta é uma versão antiga do site do Sinjus. Clique aqui para acessar o site novo.
 
Untitled Document
09/10/2012 - 14:00
O Assédio Moral no Trabalho

* Arthur Lobato

Um dos significados da palavra assédio é "submeter sem tréguas a pequenos ataques repetidos". Na história das guerras de conquistas, o assédio era o cerco a uma cidade fortificada, executado por um exército assediador que bloqueava a comunicação da cidade com o mundo externo, minando assim a resistência da cidade e de seus cidadãos.

A execução do assédio moral no trabalho também vai minando a capacidade do trabalhador, que isolado do grupo, com o tempo, também "capitula", rende-se, desiste.

A marca da maldade
O assédio moral no trabalho deve ser compreendido como um processo perverso e autoritário por parte do assediador. Todo assédio é realizado de forma oculta, dúbia, maliciosa, dando margem a diversas interpretações por parte do assediado, causando um adoecimento psíquico/emocional da vítima.

Em todo assédio moral, há constantes agressões pontuais, sistematizadas, geralmente contra pessoas competentes e questionadoras. Há, por parte do assediador, uma intencionalidade em prejudicar, em fazer o mal. Existe uma ambivalência do discurso, na qual o que é feito é negado, o dito vira não dito. O assediador sempre conta com alguém do grupo de trabalhadores para validar o assédio.

Em todo assédio moral sempre há a questão de não se aceitar a diferença do outro, seja por gênero, crença, raça, estética, idade, etc. O assédio moral é uma prática autoritária e desumana, os danos psíquicos causados à vítima são, muitas vezes, irreversíveis.

As vítimas de assédio mantém um sentimento de terem sido rejeitadas, maltratadas, desprezadas, humilhadas e desejam mais do que tudo o resgate de sua dignidade.

Somente a prevenção o debate e esclarecimento pode cortar este mal pela raiz.


* Arthur Lobato é psicólogo, pesquisador do assédio moral no trabalho
* Artigo publicado no jornal Expressão Sinjus Nº 154, em 10 de outubro de 2007


Redes Sociais


     
EXPRESSÃO SINJUS
Clique e leia o Jornal Expressão SINJUS (Arquivo em PDF)
 
 
REIVINDICAÇÕES
Veja o que consta na Pauta de Reivindicações 2016 do SINJUS-MG
   
 
 
  ESPAÇO DO FILIADO
  Clique aqui para acessar seus dados cadastrais, despesas de saúde e andamentos de ações judiciais
   

Qual luta o SINJUS deve priorizar em 2017?
Redução da jornada de trabalho;
Auxílios para os servidores;
Plano de Carreiras;
Data-Base
 

 
   


Av. João Pinheiro, nº 39 - sobreloja - CEP - 30130-180 - Centro - Belo Horizonte - MG - Tel. 31-3213-5247.
| 1989 - 2016 | .:. SINJUS-MG TODOS OS DIREITOS RESERVADOS